logo especiallita

DÚVIDAS FREQUENTES

Baseado em material da Sociedade Brasileira de Ortodontia - SBO

 

O que é um Especialista em Ortodontia?

Um especialista em ortodontia é um profissional que, após ser graduado como cirurgião-dentista, fez um curso de pós-graduação em Ortodontia em nível de especialização, mestrado ou doutorado (com, no mínimo, 2000 horas/aula) e possui treinamento específico para diagnosticar e tratar pacientes portadores de  desarmonias dento-faciais.

 

Quando procurar um Especialista em Ortodontia?

O ideal é que a primeira avaliação do paciente seja feita em torno dos 7 anos de idade. O exame precoce de uma criança permite que o ortodontista avalie e detecte problemas ortodônticos, e planeje algum tipo de intervenção, se necessário naquele momento. Caso contrário, ele orientará os pais para retornarem numa outra época para um novo exame, ou até mesmo para iniciar o tratamento ortodôntico corretivo. A criança que está sendo acompanhada por um odontopediatra pode ser encaminhada para o ortodontista a qualquer momento, desde que o profissional observe alguma alteração na dentição que mereça maior atenção. Raramente alguma intervenção é realizada antes dos 4 anos de idade, pela falta de maturidade e colaboração da criança com os procedimentos clínicos.

 

Qual a origem dos problemas ortodônticos?

Problemas ortodônticos, tanto dentários como esqueléticos, podem ter origem hereditária, ou seja, serem transmitidos de pais para filhos. O tamanho dos ossos maxilares e o tamanho dos dentes são típicas influências familiares herdadas.
Outro grupo de problemas são os adquiridos durante a vida do individuo, pela sucção da chupeta, dos dedos, por problemas respiratórios, cáries dentais, perda de dentes, traumatismo etc... A interação destes problemas exige um diagnóstico, planejamento e tratamento minucioso, pois o que a primeira vista parece ser de simples abordagem, pode, se mal planejado, tornar-se uma questão de extrema dificuldade futura.

 

O que é tratamento precoce e interceptativo?

Se durante o exame da criança, o ortodontista detectar algum problema que exija intervenção imediata, estará indicado um tratamento interceptativo. Esse tipo abordagem pode alcançar resultados que não seriam possíveis após o término do crescimento da face, e seu objetivo é diminuir a gravidade do problema, reduzindo a complexidade do futuro tratamento corretivo.

 

Quais são os benefícios do tratamento interceptativo?

• Possibilitar a eliminação de hábitos de sucção de dedo ou chupeta, hábitos de interposição de língua e hábitos de postura de lábios

• Permitir o desenvolvimento normal da fala

• Avaliar a existência de problemas respiratórios que possam afetar o crescimento da face

• Corrigir mordidas cruzadas que estejam presentes

• Garantir que os dentes se relacionem de maneira adequada durante a mastigação e a deglutição.

• Melhorar a auto-estima do paciente

• Evitar a fratura ou perda de dentes anteriores que estejam muito projetados

 

Quando é necessário extrair dentes permanentes?

Em algumas situações, o ortodontista precisa solicitar extrações dentárias para obter uma oclusão estável e boa harmonia facial. Normalmente, extrações de dentes permanentes são solicitadas quando existe falta de espaço para o correto alinhamento dos dentes e/ou quando os dentes anteriores apresentam-se muito projetados (inclinados para frente), comprometendo o selamento dos lábios e a beleza da face.

 

O que é tratamento Orto-Cirúrgico?

É um tratamento que exige a integração da Ortodontia com a Cirurgia Ortognática. Normalmente, é indicado para o tratamento de discrepâncias oclusais severas, envolvendo problemas de origem óssea, onde a movimentação dos dentes é inviável ou insuficiente para resolver as desarmonias dento-faciais. O papel do ortodontista nesses casos é preparar a posição dos dentes para permitir a movimentação óssea a ser realizada posteriormente, pelo cirurgião. É necessário que haja excelente interação entre os dois especialistas.

 

Em quanto tempo é realizado um Tratamento Ortodôntico?

O tratamento ortodôntico, usualmente, consome um período de 18 a 36 meses. Em alguns casos, ele poderá terminar antes e em outros poderá levar mais tempo do que o previsto inicialmente. O tempo total de tratamento depende da severidade do problema original, da idade do paciente, da presença e características do crescimento dos ossos da face, da necessidade de extrações dentárias, e do grau de cooperação de cada individuo.

 

É necessário o uso de aparelho removível após o uso de aparelhos fixos?

Após a finalização de toda e qualquer movimentação ortodôntica, existe a necessidade do uso de aparelhos de contenção por um tempo determinado, para assegurar a estabilidade dos resultados. Esta fase, tão importante quando a fase ativa do tratamento, é necessária para que os tecidos de suporte, principalmente as fibras colágenas gengivais, se adaptem às mudanças realizadas na posição dos dentes. A contenção pode ser feita com aparelhos removíveis ou fixos (estes últimos colados na parte interna dos dentes). A colaboração do paciente é fundamental no que se refere aos cuidados com o uso e higienização dos aparelhos, e com a assiduidade às consultas para ajustes dos mesmos. Normalmente, a contenção usada para os dentes superiores é utilizada por uma período de 2 anos, enquanto recomenda-se que a barra inter-caninos colada nos dentes inferiores, necessite ficar durante um período maior, na maioria das vezes, para o resto da vida.

 

O que é Ortodontia Lingual?

Sabendo-se que a estética é um fator de grande importância para as pessoas, o tratamento com a Ortodontia Lingual possibilita a colagem do aparelho fixo no lado interno dos dentes. Esta técnica é indicada, principalmente, para pacientes adultos e preocupados em sorrir sem que o aparelho apareça. Porém deve-se lembrar que existem alguns inconvenientes como: maior dificuldade na higienização oral (especialmente dos sulcos gengivais), além da possibilidade de se necessitar de maior tempo de tratamento e de se obter resultados inferiores no que diz respeito ao controle refinado da movimentação dentária.

 

Aparelhos ortodônticos causam manchas ou cáries nos dentes?

Normalmente não. Estes problemas só ocorrem nos pacientes que negligenciam a higiene bucal durante o tratamento. Todos os pacientes recebem instruções sobre como fazer a limpeza dos dentes e do aparelho, assim como orientação para manter uma alimentação adequada durante o uso dos aparelhos.

 

Adultos podem fazer tratamento ortodôntico?

Sim. Desde que haja saúde gengival e nas estrutura de suporte dos dentes,  o tratamento ortodôntico pode ser feito em qualquer idade. A principal diferença entre o tratamento de adultos e crianças/adolescentes é o fato do adulto não apresentar mais crescimento ósseo, o que limita as possibilidades de correção de alguns problemas. Nos adultos, as discrepâncias significativas das bases ósseas, normalmente, precisam ser corrigidas com cirurgia ortognática.

 

Speciallità Ortodontia ® - Todos os direitos reservados. Copyright 2012